Maranhão é pioneiro no país em ferramentas para o controle de tornozeleira eletrônica

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciaria (Seap), concluiu, na última sexta-feira (4), o… [ ]

8 de agosto de 2017

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciaria (Seap), concluiu, na última sexta-feira (4), o Curso de Capacitação para Supervisão de Monitoração Eletrônica (SME). Em todo o Brasil, o Maranhão é o único estado que desenvolveu um aplicativo para celular com a finalidade de consultar a situação do monitorado de forma instantânea.

“As aulas tiveram como foco capacitar 13 novos servidores para operar o Sistema de Acompanhamento de Custódia 24 horas (SAC24). O Sistema de Inteligência, Informação e Segurança Prisional (SIISP), via aplicativo, vem para aprimorar o trabalho de monitoração eletrônica, e colocar o Maranhão à frente”, destacou o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

Visando atender aos investimentos realizados pela gestão estadual, foi realizada uma seleção de profissionais com qualificação necessária para operar o sistema de monitoração, composto por Agentes de Execução Penal e Auxiliares de Segurança Penitenciária. O curso teve duração de 20 horas e foi realizado pela empresa Spacecom, prestadora de serviço de monitoração eletrônica.

A Seap, através da Assessoria de Modernização Institucional (ASSEMI), tem aperfeiçoado o serviço com o objetivo de aumentar a capacidade de acompanhar de forma ágil e prática a situação dos monitorados. O treinamento foi apenas uma das várias iniciativas da gestão prisional nesse quesito, já que, em 24 de julho, a pasta promoveu o I Workshop sobre Monitoração Eletrônica.

No evento também foi feito o lançamento do Aplicativo SIISP, desenvolvido pela Coordenação de Desenvolvimento de Sistemas da Seap, que teve como propósito atualizar os órgãos de segurança pública sobre os novos procedimentos referentes ao serviço de monitoração eletrônica em todo o estado. “Apresentamos as diretrizes da Portaria N.º 09/2017, que padronizam o serviço e define as responsabilidades entre os órgãos envolvidos”, acrescentou o titular da Seap.

Para promover ainda mais a qualificação nos serviços padronizados de monitoração eletrônica, será realizado, no dia 21 de agosto, outro workshop sobre monitoração eletrônica, desta vez, pelo Ministério Publico Estadual. O evento acontecerá das 8h ás 18 horas, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, tendo como público alvo os membros e servidores dos órgãos envolvidos e da Seap.

De Seap

0 Comentários

Deixe o seu comentário!