EDUCAÇÃO

Maranhão Profissionalizado comemora um mês no ar com aproximadamente 14 mil inscritos

A Plataforma Maranhão Profissionalizado completa seu primeiro mês no ar com a marca de quase 14 mil inscritos. A iniciativa… [ ]

8 de maio de 2020

A Plataforma Maranhão Profissionalizado completa seu primeiro mês no ar com a marca de quase 14 mil inscritos. A iniciativa se tornou uma importante aliada dos maranhenses, pois oferece novas oportunidades de qualificação profissional durante a situação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A ferramenta oportuniza a jovens e adultos geração de renda, oferecendo Cursos de Aperfeiçoamento Profissional online e gratuitos para o público geral.

Atualmente a plataforma conta com 10 cursos online, disponíveis para os interessados em se inscrever. São eles: Aprendendo a Ensinar Online, Ensino Híbrido: Personalização e Tecnologia na Educação, Cuidador de Idoso, Serigrafia e Customizados, Tortas de Vitrine, Aproveitamento Integral dos Alimentos, Panificação, Sala de Aula Digital Interativa, Gestão Socioemocional frente às Crises e Inseguranças; além de Produção de Doces Tradicionais.

Segundo o secretário adjunto de Educação Integral e Profissional, André Bello, a plataforma cumpre seu papel na profissionalização de jovens e adultos em tempos de pandemia. “Estamos chegando próximo aos 14 mil inscritos oferecendo cursos em diversas áreas, como gestão educacional que auxilia os professores nessa nova fase de educação à distância, têm cursos no âmbito de organização de aulas e educação tecnológica. Essas formações estão ajudando professores e gestores a enfrentar essa fase tão difícil de isolamento social”, contou André Bello, acrescentando que os cursos também são oportunidade de geração de renda.

“Os cursos de tortas, doces e serigrafia são importantes instrumentos para aquelas pessoas que estão fora do mercado de trabalho, precisam estar em casa e ter uma fonte de renda. Essas pessoas podem estudar e trabalhar de casa para conseguir enfrentar esse momento crítico”, acrescentou.

A estudante Daiane Ferreira Mota é uma apaixonada pela gastronomia e viu na plataforma a oportunidade de realizar seu sonho. “Sempre tive vontade de me qualificar nessa área, mas nunca tive a oportunidade porque geralmente esses cursos custam caro. É uma grande oportunidade, gosto muito dessa área e estou me qualificando graças ao IEMA”, contou a aluna do curso de Panificação e Doces Tradicionais.

Todos os cursos têm carga horária de 40 horas e possibilitarão certificado para as pessoas que participarem das atividades propostas e tenham o rendimento mínimo exigido pelo curso. Os interessados poderão continuar se inscrevendo por meio do link: web.iema.ma.gov.br/maranhaoprofissionalizado, gerar seu login e senha de acesso à plataforma. Os cursos são livres e sem exigência mínima ou máxima de idade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!