ECONOMIA

Maranhão tem a 4ª maior alta de empregos em 2020 no Brasil

O Maranhão conseguiu o quarto maior crescimento no saldo de empregos com carteira assinada no Brasil, entre janeiro e outubro… [ ]

30 de novembro de 2020

O Maranhão conseguiu o quarto maior crescimento no saldo de empregos com carteira assinada no Brasil, entre janeiro e outubro deste ano. A alta foi de 3,92%, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

Em termos de crescimento proporcional, o Maranhão fica atrás apenas de Acre (4,81%), Pará (4,36%) e Roraima (4,23%). O desempenho maranhense, nos dez primeiros meses do ano, está bem acima da média nacional, que teve variação negativa de 0,44%

No número absoluto de novos empregos, o Maranhão é o sexto melhor do Brasil. O saldo positivo é de 18.820 postos formais no acumulado de 2020.

Em outubro, o Estado criou 5.772 novos empregos. Foi o quinto mês seguido em que o Maranhão teve crescimento de postos com carteira assinada.

Nordeste

O Maranhão também lidera a criação de empregos no Nordeste no acumulado do ano. O Estado que mais chega perto do Maranhão é o Ceará, com 1.047 novas vagas. Todos os demais têm desempenho negativo entre janeiro e outubro.

No mesmo período, o Nordeste inteiro perdeu 31.823 vagas. Já no Brasil todo, foram 171.139 postos perdidos.

Quarto ano

Este é o quarto ano seguido em que o Maranhão gera novos empregos com carteira assinada. A curva tem subido sem parar desde 2017. Naquele ano, o saldo positivo tinha sido de 1.221 postos formais. Em 2018, subiu para 9.649. Em 2019, foram geradas 10.707 vagas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!