ECONOMIA

Maranhão tem resultados positivos no comércio varejista, aponta publicação do Imesc

O Maranhão apresentou resultados positivos no comércio, em junho deste ano, e registrou o maior aumento de vendas do comércio… [ ]

24 de agosto de 2020

O Maranhão apresentou resultados positivos no comércio, em junho deste ano, e registrou o maior aumento de vendas do comércio varejista ampliado no Nordeste, na comparação com junho de 2019.

Os dados sobre o comércio varejista são da sinopse da Nota Bimestral de Conjuntura Econômica sobre Comércio Varejista, referente a junho/julho de 2020. A publicação foi lançada, na última sexta-feira (21), pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia estadual vinculada à Secretaria de Estado do Programas Estratégicos (SEPE).

A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), destaca que o Maranhão registrou alta de 14,3% das vendas no varejo restrito e de 13,7% no varejo ampliado na comparação com junho de 2019.

“A alta nas vendas do comércio varejista culminou em bons resultados em termos de contratações líquidas no mês de junho conforme pode ser verificado no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados [Caged]”, enfatiza o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho.

Os dados registraram um saldo de 410 empregos formais no Maranhão, gerados em decorrência do otimismo do empresário diante do cenário positivo do comércio. O crescimento nas vendas posicionou o estado como a quinta melhor variação no país em relação a junho de 2019. Esses dados são bem superiores ao observado no país, que registrou 0,5% de aumento no restrito e queda de 0,9% no ampliado.

Criação de empregos

Conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Maranhão também apresentou bons resultados na criação de empregos no cenário atual, é o segundo estado que mais criou vagas, em todo o Brasil, no acumulado do ano, com 2.327 postos de trabalho.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!