Motos e mais motos no crime de ontem para hoje (14)

Da redação Dos maiores temores que a grande população tem é quando se aproxima alguém de moto na rua. E… [ ]

14 de junho de 2017

Da redação

Dos maiores temores que a grande população tem é quando se aproxima alguém de moto na rua. E não é por menos. Grande parte delas é usada em assaltos, fato em grande ocorrência somente na noite de terça (13) até a madrugada desta quarta-feira (14). O Batalhão Polícia Militar informou a apreensão de motos roubadas e usadas na prática de crimes nos bairros Cohatrac Primavera, São Cristóvão, Maiobinha e Cidade Olímpica.

Motos roubadas no Cohatrac Primavera

Por volta da 19 horas de ontem, foi repassado pelo GSA do 6° BPM a informação que dois elementos haviam abandonado uma motocicleta CB 300 de placa NND – 1940 no interior da UEMA e evadido-se do local em outra moto. Feito contato com o CIOPS, constatou-se que moto havia sido furtada no dia 10 do corrente mês no bairro do Cohatrac. A motocicleta foi apresentada na delegacia do plantão da Cidade Operária  para as medidas cabíveis.

Já no bairro São Cristóvão, a moto estava à venda em anúncio na OLX no dia 17 de fevereiro deste ano. Na hora do pagamento, um elemento não identificado pela proprietária do veículo fez um depósito no caixa eletrônico, onde não continha nenhum valor, entregando o comprovante para a vítima e levando a motocicleta.

Ainda em junho deste  ano, a mesma moto estava novamente sendo anunciada para venda no site da OLX. A proprietária reconheceu seu bem e entrou em contato com o GSA do 6º BPM, que entrou em contato com o anunciante e apreendeu a motocicleta. Este relatou que adquiriu a motocicleta das mãos de terceiros pelo valor de R$ 1.700,00 reais e agora estava revendendo. A motocicleta foi apresentada na delegacia do Maiobão e as devidas apurações serão desenvolvidas pela delegacia da Cidade operária.

Moto roubada no São Cristóvão

Na Maiobinha, foi apresentado no plantão da delegacia do bairro a moto de placa PSD-7095 achada abandonada na vila Kiola após ter sido roubada na Maiobinha por volta das 19:40, por dois meliantes que estavam em uma outra motocicleta de cor preta. O veículo foi entregue na delegacia para os devidos procedimentos legais.

Moto roubada na Maiobinha

E na Cidade Olímpica outro caso de moto roubada. No dia 08 de junho deste ano, um policial civil teve sua motocicleta e seu aparelho de celular roubados por dois elementos armados, no instante em que chegava em sua residência. Suspeitando que os elementos eram oriundos da Cidade olímpica, a vitima em questão entrou em contato com o grupo de Serviço avançado do 6º BPM, que passou a efetuar levantamentos de inteligencia a respeito.

Na manhã desta quarta-feira, após o receptador do aparelho de celular expor uma foto sua no telefone da vítima, foi possível identificar um dos envolvidos, alcunhado de Zico. Por volta de 14 horas, deslocamos até o comercial Econômico, onde o suspeito trabalha. Descobriu-se que o mesmo estava de férias.

Moto roubada na Cidade Olímpica

No momento em que a equipe policial tentava manter contato com o suspeito, um funcionário do estabelecimento, identificado como Jose de Ribamar Soares Ramos ligou para o elemento alvo e informou que a polícia estava à sua procura. Por esse motivo recebeu voz de prisão e foi apresentado na delegacia onde foi autuado por favorecimento pessoal. Em contato com o Jhony Anderson Pinheiro, conhecido como Zico, este relatou ter adquirido o aparelho de celular pelo valor de R$ 400,00 das mãos de um elemento conhecido por Diego, residente na rua 13 do Bairro Tiradentes.

De imediato deslocou-se para o referido endereço, fez-se o cerco e em seguida procedeu-se abordagem sendo localizado o conduzido Diego Salvador Sales que relatou ter recebido esse aparelho das mãos de dois elementos não conhecidos. Diego informou também a localização da motocicleta, que estaria na casa de sua irma, sob os cuidados do seu cunhado identificado como Davi de Jesus Marques. O veículo roubado foi localizado no fundo do quintal da residência e a chave estava  em posse da irmã de Diego. Davi de Jesus, após inquerido, relatou que estava guardando a moto a pedido do seu cunhado.

Os quatro citados foram conduzidos a delegacia da cidade operária, onde Diego Salvador Sales foi autuado por Receptação e Associação criminosa, Jonhy Anderson por receptação, qualificada por sua natureza, ou pela desproporção entre o valor e o preço, ou pela condição de quem a oferece, deve presumir-se obtida por meio criminoso, Jose de Ribamar por favorecimento pessoal e Davi de Jesus foi relacionado apenas como testemunha dos fatos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!