CONSUMIDOR

Mutirão do Dívida Zero vai ajudar consumidores a negociar débitos com escolas particulares em Timon

Para facilitar a quitação de dívidas de consumidores com escolas da rede privada de ensino de Timon, o Instituto de… [ ]

10 de dezembro de 2021

Para facilitar a quitação de dívidas de consumidores com escolas da rede privada de ensino de Timon, o Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon/MA) realiza, de 13 a 20 de dezembro, um mutirão do programa Dívida Zero, na unidade do VIVA/PROCON, no Cocais Shopping.

A ação será realizada das 14h às 18h e terá a participação de dezenove instituições de ensino conveniadas à Associação de Escolas Particulares de Timon (AEPT).

“O programa Dívida Zero tem sido um grande sucesso, garantindo a quitação de débitos de milhares de consumidores, com ótimos descontos, sem juros ou multas”, ressaltou a presidente do PROCON/MA, Karen Barros.

Para o coordenador do Procon em Timon, Alexandre Luz, o mutirão do Dívida Zero é uma ótima oportunidade para as famílias timonenses.

“Queremos dar condições para que esses consumidores negociem seus débitos com as instituições de ensino, organizem suas finanças e comecem o ano novo com mais tranquilidade”, enfatizou.

Dezenove estabelecimentos de ensino estão confirmados no evento. São eles: Instituto Educacional Adonai, Colégio Augusto Batista, Creche Primeiros Passos, Colégio Cristo Rei, Colégio Montessori, Colégio Mundial, Colégio Ceam, Colégio Rita Miranda, Educandário Vilarinho, Colégio Emílio Fernandes, Colégio Cenapli, Instituto Paraíso, Colégio Mais, Escola Cristã Shekinah, Instituto Renascer, Colégio Lúdico, Colégio Múltiplo, Colégio Pasqualina e Faculdade Iesm.

A presidente da AEPT, Hortência Oliveira, avalia que, nesse momento de recessão econômica, o mutirão terá um impacto positivo para todas as partes.

“As escolas têm tido dificuldade para operacionalizar as atividades com o alto índice de inadimplência. Acreditamos que o mutirão de conciliação em parceria com o Procon vai ter um resultado muito positivo para as partes envolvidas nos acordos”, pontuou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!