JUVENTUDE

Número de inscritos ao Parlamento Estudantil Maranhense 2019 aumenta 35%

A terceira edição do Parlamento Estudantil Maranhense 2019 – programa executado pela Assembleia Legislativa do Maranhão, em convênio com a… [ ]

3 de setembro de 2019

A terceira edição do Parlamento Estudantil Maranhense 2019 – programa executado pela Assembleia Legislativa do Maranhão, em convênio com a Secretaria de Estado de Educação(Seduc) – recebeu 116 inscrições de alunos de escolas públicas e privadas de todo o Estado.

O consultor-geral da Alema, Aristides Lobão, fez um balanço das inscrições deste ano. “A edição de 2019 superou a de 2018. As inscrições deste ano tiveram um crescimento de 35%, um aumento significativo em relação a 2018”, disse.

Ele informou ainda que já foi encaminhada a lista com os 42 alunos pré-selecionados pela Seduc. “A Secretaria já fez a seleção inicial com os 42 projetos. Agora, concluiremos a seleção dos 22 projetos de lei do Parlamento Estudantil que participarão do programa, sendo levados em consideração a técnica e o conteúdo”, explicou Aristides Lobão.

O Parlamento Estudantil Maranhense será constituído por 22 deputados estudantes. Os trabalhos do programa serão realizados no Plenário Nagib Haickel, local onde os deputados estudantes apresentarão, no dia 29 de novembro, seus Projetos de Lei e saberão como funciona o processo legislativo estadual.

O deputado estudante manterá essa qualificação por um ano e a Sessão do Parlamento Estudantil é uma simulação de uma Sessão Plenária da Assembleia Legislativa para que os estudantes tenham a ideia do cotidiano das atividades parlamentares.

Parlamento Estudantil Maranhense

O Programa Parlamento Estudantil Maranhense visa a integração dos alunos das redes de ensino pública e privada do Estado do Maranhão com a atividade parlamentar, preparando-os para o pleno exercício da cidadania, elaborando projetos de lei e debatendo na Assembleia Legislativa temas de grande relevância para o Estado.

O Parlamento Estudantil Maranhense foi implantado na gestão do então presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado João Evangelista.

Em 2016, a pedido da Presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, o Parlamento Estudantil Maranhense foi completamente restruturado por meio da Resolução Legislativa 800/2016 e, já em 2017, teve novamente uma sessão ordinária realizada.

O objetivo do programa é estimular nos estudantes maranhenses a reflexão sobre política local e nacional, o exercício da cidadania e o conhecimento sobre como se organiza e se estrutura uma democracia representativa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!