CORONAVÍRUS

“O Maranhão está salvando vidas”, diz pesquisador sobre efeito positivo do lockdown na Ilha de São Luís

O lockdown na Grande Ilha de São Luís já mostra resultados positivos. De acordo com a Secretaria de Estado da… [ ]

23 de maio de 2020

O lockdown na Grande Ilha de São Luís já mostra resultados positivos. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), duas semanas após o cumprimento da medida mais restritiva para o combate ao novo coronavírus, a maior parte dos novos casos positivos de Covid-19 estão fora dos quatro municípios da região – diferentemente do que ocorria antes.

O cenário favorável derivado do amplo confinamento já era previsto pelo professor e pesquisador do Departamento de Engenharia Elétrica da UFMA, Allan Kardec. Com base em cálculo matemático, Kardec projetou que, sem o bloqueio total das atividades não essenciais, logo no início de junho, o número de casos de Covid-19 poderia explodir e passar da casa dos 30.000 na região metropolitana.

Doutor em Engenharia da Informação pela Universidade de Nagoya, no Japão, país onde também estudou Engenharia Biomédica, com mais de 20 anos de experiência em estatística e processamento de dados, Allan Kardec usou uma operação comumente ensinada no Ensino Médio para fazer a projeção: polinômio de terceiro grau.

Kardec acompanha diariamente o Boletim Epidemiológico Covid-19 publicado pela SES e usa um método chamado de “ajuste de curvas por polinômios”, expressões algébricas que adicionam constantes e variáveis. Fórmulas estatísticas usam polinômios para verificar valores futuros, como taxas de nascimento, mortalidade e crescimento de uma determinada população.

“Pego os dados da Secretaria de Saúde, que são a soma de todos os registros até um determinado dia, e faço a diferença entre esses dias, de ontem pra hoje, de anteontem para ontem e assim sucessivamente. Tento observar como é que a Covid-19 tá evoluindo no tempo. Assim é possível acompanhar as oscilações diárias. O acumulado é insensível a essas mudanças”, explica.

Número de óbitos em queda

Com 95% de grau de confiabilidade, os gráficos elaborados pelo professor Kardec apontam uma tendência de achatamento no número de casos e, principalmente, de óbitos na Grande Ilha após o lockdown.

“Uma coisa interessante no Maranhão é que no mundo inteiro o número de óbitos acompanha o número de casos, as curvas são parecidas. Mas aqui no Maranhão é diferente. O número de óbitos meio que está se achatando”, avalia Kardec.

Para Allan Kardec, os números positivos são resultado de tratamento clínico efetivo e das ações preventivas como o lockdown.

“Os óbitos curvam para baixo no estado. O fato objetivo é que o Maranhão está salvando vidas”, pontua Allan Kardec.

No início semana, o governador Flávio Dino divulgou gráfico elaborado por Kardec, indicando curvas de óbitos na Ilha, com a previsão de casos para cenários com e sem lockdown. Segundo o governador, “os dados servem para sublinhar a importância das medidas preventivas e de distanciamento social”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!