PAA estadual garante quase meio milhão a agricultores familiares só em setembro

Só em setembro, o Sistema da Agricultura Familiar do Governo do Maranhão investiu R$ 472.573,34, quase meio milhão, para adquirir… [ ]

2 de outubro de 2017

Só em setembro, o Sistema da Agricultura Familiar do Governo do Maranhão investiu R$ 472.573,34, quase meio milhão, para adquirir produtos da agricultura familiar no estado. A liberação do recurso beneficiou 352 pequenos produtores de 35 municípios.

O investimento é parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que garante o comércio da produção agrícola familiar, proporcionado a alegria de muitos pequenos produtores.
No mês de julho, no Maranhão, foram 186 agricultores beneficiados, somando R$ 127.838,07. Já em agosto esse valor passou para R$ 256.675,72, com 287 agricultores familiares pagos.

Francisco da Costa, mais conhecido como seu Bil, do município de Lagoa Grande, é só alegria. “Tenho 37 anos e nunca vi na vida um Governo comprar produção de agricultores. Já vendi cinco vezes pelo Programa de Aquisição de Alimentos e estou motivado a produzir mais porque tenho comprador certo. De uma única vez recebi mais de R$ 3 mil reais”, contou, orgulhoso.

“O volume do valor pago em apenas um mês demonstra a valorização dos produtos da agricultura familiar e seus produtores. Dessa forma, o Governo do Estado gera renda e dignidade aos nossos agricultores familiares”, explicou o secretário de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares.

“O recurso circula dentro do município e os alimentos ainda são doados para entidades da rede socioassistencial como hospitais, creches, Centro de Referência de Assistencia Social (CRAS), cozinhas comunitárias e etc. Enfim, é um programa de alcance social e econômico”, acrescentou.

Segundo o presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Júlio César Mendonça, o PAA tornou-se prioritário no Governo Flávio Dino e extremamente importante na potencialização da produção.

“A assistência técnica tem participação fundamental neste processo. Com ela podemos instruir nossos agricultores familiares a produzir mais e da forma correta, aumentando a produção para que possam comercializar cada vez mais”, destacou.

Os municípios que receberam o pagamento no mês de setembro foram: Lagoa Grande do Maranhão, Pedro do Rosário, Peritoró, Porto Rico, Lago dos Rodrigues, Presidente Sarney, Bacuri, Governador Newton Belo, Loreto, Santo Amaro do Maranhão, Araioses, Nova Colinas, Alto Parnaíba, Santa Filomena do Maranhão, Arame, Junco do Maranhão, Aldeias Altas, Mirador, Centro Novo do Maranhão, Serrano do Maranhão, Amapá do Maranhão, São Francisco do Maranhão, Luís Domingues, Santo Antônio dos Lopes, Conceição do Lago Açu, Duque Bacelar, Fernando Falcão, Godofredo Viana, Passagem Franca, Timon, Presidente Vargas, Poção de Pedras, Brejo de Areia, Água Doce do Maranhão e Itinga do Maranhão.

O Programa
O PAA é uma ação do Governo Federal desenvolvida em parceria com Estado, prefeituras e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para colaborar com o enfrentamento da fome e da pobreza no Brasil e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar. Para isso, utiliza mecanismos de comercialização que favorecem a aquisição direta de produtos de agricultores familiares ou de suas organizações.

Parte dos alimentos é adquirida para a formação de estoques estratégicos e distribuição à população em maior vulnerabilidade social. Os produtos destinados à doação são oferecidos para entidades da rede socioassistencial, nos restaurantes populares, bancos de alimentos e cozinhas comunitárias e ainda para cestas de alimentos distribuídas pelo Governo Federal.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!