Prefeito Edivaldo entrega Centro-Dia Infantil para atendimento de crianças com deficiências

O prefeito Edivaldo entregou, nesta segunda-feira (19), o Centro-Dia Infantil – Serviço Especializado da Assistência Social para Pessoas com Deficiência,… [ ]

19 de fevereiro de 2018

O prefeito Edivaldo entregou, nesta segunda-feira (19), o Centro-Dia Infantil – Serviço Especializado da Assistência Social para Pessoas com Deficiência, voltado ao atendimento de crianças de 0 a 6 anos, prestando assistência prioritária aos pequeninos nascidos com microcefalia, autismo e outras deficiências. O novo espaço tem capacidade para atender até 150 pacientes. O equipamento social é fruto de parceria entre a Prefeitura de São Luís, Governo Federal, Governo do Estado e o Instituto Pobres Servos da Divina Providência, que mantém o Centro Educacional e Social São José Operário, onde funcionam o Centro-Dia e o Centro-Dia Infantil, na Cidade Operária.

“Entregamos mais um equipamento público de grande alcance social em benefício da nossa população, ampliando os serviços deste Centro para o público infantil. A ação se configura como uma das mais importantes ações de inclusão social e de fortalecimento de vínculos familiares da nossa gestão, pois sabemos o quão prioritário é garantir a essas crianças e suas famílias a proteção social especial que necessitam, assim como também proporcionar-lhes o suporte necessário nos cuidados que precisam ter com suas crianças acometidas pela microcefalia e outras deficiências”, afirmou o prefeito Edivaldo, destacando ainda o pioneirismo da ação executada pela Prefeitura de São Luís, primeiro município do país a desenvolver este tipo de serviço específico, servindo, inclusive, de referência nacional nessa modalidade de atendimento.

O equipamento foi construído em uma área contígua ao atual prédio do Centro-Dia, que, atualmente, presta atendimento a jovens e adultos com deficiência, em espaço localizado no interior das instalações do Centro Educacional e Social São José Operário. Após descerrar a placa de inauguração, o prefeito, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito prefeito Julio Pinheiro, da secretária da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande, da coordenadora geral dos Serviços Especializados às Famílias e Indivíduos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Ana Luiza Coelho, e do deputado federal Wewerton Rocha, visitou as novas instalações do Centro-Dia Infantil.

Também acompanharam a visita os secretários de Saúde, Lula Fylho e de Planejamento (Seplam), Cursino Moreira, o vereador Raimundo Penha, o deputado estadual, Bira do Pindaré, entre outras autoridades. No ato de entrega do equipamento, o vice-prefeito Julio Pinheiro também destacou a abrangência do serviço.

“Demos aqui um passo a mais no atendimento às crianças com deficiência. Sem dúvida, esse espaço representa um grande avanço da política social do município. A ação representa, ainda, uma resposta a demandas antigas de movimentos sociais da área, que lutam pelos direitos de inclusão das pessoas com deficiência”, observou Julio Pinheiro.

ESTRUTURA

O novo espaço é dotado de total estrutura, onde serão prestados atendimentos por uma equipe multidisciplinar, capacitada e diferenciada, composto de assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais, profissionais da competência da Assistência Social, além de cuidadores e auxiliares de cuidadores.

A coordenadora geral dos Serviços Especializados às Famílias e Indivíduos do MDS, Ana Luiza Coelho, destacou a importância da iniciativa como política social de estado. “O Centro-Dia é uma grande conquista na nossa política de Assistência Social voltada às crianças com microcefalia e outras deficiências. O poder público precisava intervir de forma urgente na proteção a essas pessoas, principalmente em favor das crianças com microcefalia, tendo em vista o número expressivo de abandono de crianças com essa deficiência. O Centro-Dia Infantil vem exatamente com esse viés de proporcionar conhecimento às famílias sobre o problema e os cuidados que devem ter com seus filhos, evitando, assim, o abandono de menores com essa deficiência”, disse a representante do MDS.

Segundo a secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andréia Lauande, o novo espaço foi construído obedecendo a todos os padrões exigidos pelas normativas na área. “O Centro-Dia Infantil vai atender toda e qualquer criança com deficiência física, mental, visual, autismo, entre outras, ofertando atividades de caráter preventivo no âmbito da Assistência Social. O serviço busca proporcionar às famílias mais autonomia nos cuidados com suas crianças com deficiência, ajudando-os e orientando-os no desenvolvimento dos cuidados básicos, promovendo, ainda, ações de apoio ao fortalecimento de vínculos entre pais e filhos acometidos pela microcefalia e outras deficiências”, explicou a secretária, informando ainda que São Luís tem 58 casos registrados de microcefalia, dado que fortalece a necessidade de implantação da iniciativa.

Na cerimônia de entrega do equipamento, o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destacou a abrangência da iniciativa. “É mais uma ação da Assistência Social executada pela Prefeitura de São Luís, que transversaliza com a saúde pública. A relação entre os setores é primordial para avançarmos cada vez em áreas importantes como assistência social e saúde, por exemplo. O Centro-Dia Infantil é um exemplo do nosso objetivo de oportunizar às famílias de crianças com deficiência um futuro mais digno e com melhor qualidade de vida”, disse o secretário.

O diretor do Centro Educacional e Social São José Operário, Roque Kasmirsk, pontuou a ação como de grande relevância social e comunitária. “É uma grande honra para a nossa entidade ser parceira dessa iniciativa tão louvável e que tão bem fará às acrianças com deficiência e às suas famílias. E esse é o nosso principal propósito: ajudar as pessoas e a comunidade no seu desenvolvimento social e espiritual”, disse.

SERVIÇO

O serviço do Centro-Dia é executado pelo Centro Educacional São José Operário, sendo referência nacional na área. Por esses requisitos, a Prefeitura pôde dar continuidade à ampliação dos serviços, o que foi aceito pela instituição, passando agora a atender também crianças com deficiência de 0 a 6 anos. A capacidade de atendimento também foi aumentada. Antes, o serviço prestava atendimento a cerca de 30 a 60 jovens e adultos. Agora, passará a atender de 30 a 150 pessoas, que é a meta do atendimento.

O espaço também vai servir como espaço de capacitação técnica para outros municípios maranhense e até para outros estados brasileiros. Cofinanciado pelos três entes federativos, o Centro-Dia Infantil também terá a missão de ser referência na área e de servir para a socialização do conhecimento sobre o trabalho prestado.

A dona de casa Dalena Jara Cutrim, 23 anos, mãe do pequeno Gabriel, 2 anos, uma das crianças com microcefalia atendida pelo Centro-Dia Infantil, falou dos benefícios da ação. “Ter um espaço como esse será de extrema importância para todos nós que temos filhos com deficiência. Temos muito a aprender sobre a microcefalia e também sobre como cuidar de nossos filhos com esses problemas. Somos muito gratos por contar com esse serviço em nossa cidade”, relatou ela.

Participaram também da solenidade de entrega do Centro-Dia Infantil o secretário adjunto de Saúde do Estado, Marcelo Rosa; a secretária adjunta de Assistência Social do Estado, Célia Salazar; o presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Jairo Dias; a coordenadora do Centro-Dia Infantil, Maiany Sousa, o representante do Fórum Estadual da Pessoa com Deficiência, Dilson Bessa. Entre outras autoridades estaduais e municipais. Ao final da solenidade houve apresentações culturais com a participação de pessoas atendidas pelo Centro-Dia.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!