CORONAVÍRUS

Prefeitura de São Luís determina que ônibus circulem com ar-condicionado desligado e janelas abertas

A Prefeitura já havia decretado a intensificação da limpeza dos ônibus do transporte urbano como medida para o combate ao… [ ]

26 de março de 2020

A Prefeitura já havia decretado a intensificação da limpeza dos ônibus do transporte urbano como medida para o combate ao novo coronavírus

Como mais uma medida de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Luís tomou uma iniciativa em relação ao transporte urbano da capital: desde o início da semana, todos os ônibus da frota estão circulando com ar-condicionado desligado e com as janelas abertas. A medida segue orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior que tem intensificados as ações de combate à doença determinando, ainda, a correta higienização de toda a frota que circula na cidade. Este serviço é de responsabilidade das empresas do setor.

O titular da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Israel Pethros, explica que a ação segue determinação do prefeito Edivaldo e visa evitar a propagação da doença aos usuários de transporte urbano que, por motivo de força maior, precisam sair de casa para exercer suas mais diversas funções.

“A medida recomenda que os condutores dos veículos evitem ligar o ar-condicionado e realizem viajem de janelas abertas, está em sintonia com o que vem sendo recomendado pelos órgãos gestores de saúde em todo o país”, frisou o secretário.

LIMPEZA

As ações em relação ao transporte público da capital, seguem orientações do Decreto Municipal Nº 54.890, publicado na semana passada. Além do desligamento do ar-condicionado do ônibus, outra medida posta em prática tem sido a higienização diária dos coletivos realizada pelas empresas de transportes da capital. A higienização é feita por equipes das próprias empresas que operam as linhas de ônibus, cabendo à Prefeitura acompanhar a ação para garantir a sua execução.

O decreto municipal recomenda que as empresas mantenham uma rotina diária de limpeza dos veículos nas áreas de contato dos passageiros como barras, portas, janelas etc. A limpeza deve ser feita com água e sabão ou álcool em gel a 70%. Diariamente, 550 mil pessoas utilizam o transporte coletivo em São Luís.

Com o registro dos primeiros casos de pacientes com coronavírus na capital as ações de prevenção devem ser ampliadas em benefício da prevenção da saúde dos usuários de transportes urbano. Tal procedimento, embora possa comprometer o conforto de usuários de ônibus de cidades mais quentes, como no Nordeste, ajuda a evitar desdobramentos de risco à saúde dos usuários com o aumento de casos de coronavírus no país.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!