SAÚDE

Prefeitura de São Luís já atendeu mais de 4 mil pacientes com sintomas leves de síndromes gripais e respiratórias em rede exclusiva

O atendimento foi realizado nas 12 unidades básicas de saúde municipais exclusivas para esta finalidade; inciativa é parte do esforço… [ ]

14 de maio de 2020

O atendimento foi realizado nas 12 unidades básicas de saúde municipais exclusivas para esta finalidade; inciativa é parte do esforço da gestão do prefeito Edivaldo de garantir atendimento de qualidade para a população

A Prefeitura de São Luís tem realizado um importante trabalho de triagem de pacientes com síndromes gripais e respiratórias e já realizou mais de 4,3 mil atendimentos nas 12 unidades básicas de saúde municipais exclusivas para esta finalidade. A medida integra as políticas de saúde implantadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior no combate à pandemia da Covid-19, ampliando a rede exclusiva de atendimento, evitando aglomeração nas unidades de saúde e o contato entre pacientes de diferentes quadros clínicos, reduzindo a possibilidade de transmissão do novo coronavírus. O trabalho é reforçado pela Central de Teleatendimento implantada por meio de parceria com o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA).

“Ao colocarmos à disposição da população da capital 12 unidades de saúde exclusivamente para o atendimento aos casos leves de síndromes respiratórias, reforçamos a rede de saúde da Prefeitura de São Luís neste momento em que aumentam os números de casos da Covid-19 na cidade. Desta forma, a população que precisar pode buscar orientação médica sem colocar sua saúde e das demais pessoas em risco. Desde o início da crise temos trabalhado para ampliar a rede de atendimento, disponibilizar mais leitos e garantir toda a assistência em saúde necessária. E seguimos implementando outras medidas para garantir a ampliação da nossa rede”, disse o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Nas 12 unidades básicas de saúde exclusivas para casos leves de síndromes respiratórias e gripais (incluindo a Influenza e a Covid-19), além de consultas, caso seja necessário, os pacientes são encaminhados para exames mais complexos, como tomografia do pulmão para verificar se o órgão apresenta algum tipo de comprometimento, o que também pode indicar a infecção pelo novo coronavírus.

Após a avaliação médica feita na unidade básica de saúde, se necessário, o paciente já sai com medicação e indicações de tratamento como o isolamento domiciliar. Após o atendimento presencial, o paciente continua sendo acompanhado por meio do serviço de telemonitoramento pelo qual o médico pode saber a evolução dos sintomas e seguir com a administração dos medicamentos até que o paciente se recupere.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Lula Fylho, o novo fluxo permite ampliação dos serviços na atenção primária em saúde e o uso racional de recursos. “Ao separarmos unidades exclusivas, garantimos que mais pessoas sejam atendidas, mais segurança no cumprimento dos protocolos médicos e mais efetividade nos diagnósticos”, disse.

O novo fluxo permite ainda identificar áreas da cidade com maior incidência dos sintomas e sua gravidade, a distribuição etária e por gênero. Cerca de 70% dos pacientes são mulheres e a faixa etária com maior incidência de síndromes gripais e respiratórias está entre as pessoas de 30 a 39 anos.

O distrito Cohab é o que tem concentrado a maioria dos atendimentos já realizados, seguido do Itaqui-Bacanga. Em mais de 90% dos casos os pacientes atendidos não necessitam de encaminhamento para exames ou atendimentos mais complexos.

Lista das unidades básicas de saúde para atendimento a casos leves de síndromes respiratórias

– CS Carlos Macieira – Avenida dos Africanos, s/n – Sacavém

– CS Dr Ribamar Frazão Corrêa – Rua Tancredo Neves, s/n – Vila Nova República

– CS Fabiciana de Moraes – Rua 3, Qd 7, s/n – Habitat Nice Lobão

– CS Genésio Ramos Filho –  Rua 13, s/n – Cohab Anil

– CS Laura Vasconcelos – BR-135, Km, 23,  s/n, Vila Maranhão, região da Estiva

– CS Liberdade – Rua Epitácio Pessoa, 323 – Liberdade

– CS São Raimundo – Vila Mauro Fecury, s/n – São Raimundo

 CS Turu – Avenida 07, S/N, Conj. Hab – Turu

– CS Vila Bacanga – Avenida dos Portugueses, s/n – Bacanga

– UBS Cintra – Rua da Companhia, 01 – Anil

– USF Cidade Olímpica I – Avenida 4, Qd 36, Casa 11 – Cidade Olímpica

 USF São Francisco – Rua das Paparaubas, quadra 13, lote 31, são Francisco

Horário de atendimento

De segunda-feira à sexta-feira, das 8h às 17h

0 Comentários

Deixe o seu comentário!