PANDEMIA

Prefeitura de São Luís mantém ações de fiscalização de trânsito para garantir cumprimento de regras do isolamento social

Agentes de trânsito atuam em vias de grande fluxo, estacionamentos e entorno de agências bancárias como forma de organizar o… [ ]

21 de maio de 2020

Agentes de trânsito atuam em vias de grande fluxo, estacionamentos e entorno de agências bancárias como forma de organizar o fluxo e manter o distanciamento social com objetivo de combater o novo coronavírus

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), segue com as ações de ordenamento de trânsito, estacionamento e disciplinamento de fluxo de pessoas e veículos em pontos estratégicos da cidade com vistas à conscientizar para a necessidade de manter as regras do isolamento social neste período de pandemia da Covid-19. Os trabalhos têm sido intensificados nas proximidades das agências bancárias em função da liberação da segunda parcela do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal. As ações integram as estratégias da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior de combate ao novo coronavírus.

“Equipes de agentes de trânsito, com apoio de viaturas e bombeiros civis, realizam atividades de contenção de fluxo de veículos e restrição do uso de estacionamento nas áreas próximas às agências bancárias que pagam o benefício do Governo Federal em áreas da cidade como João Paulo, Deodoro, Monte Castelo, João Lisboa, Turu e São Cristóvão”, informou o secretário da SMTT, Israel Pethros.

A ação consiste em interditar, com cones e viaturas, as ruas próximas das agências bancárias e também restringir o estacionamento de veículos nas proximidades, proporcionando, assim, maior espaço na região, favorecendo o distanciamento social nas filas de acesso às agências. Além das intervenções próximas aos bancos, a SMTT também tem realizado atividades pontuais dentro dos bairros em virtude do aumento de fluxo de pessoas e veículos nesses locais como, por exemplo, ruas do Centro e dentro da feira da Cidade Operária.

TRANSPORTE

O readequamento da frota do transporte coletivo também soma-se às ações já desenvolvidas pela gestão municipal com o objetivo de reduzir a expansão da Covid-19 na capital. Com o retorno parcial de algumas atividades após o lockdown, o fluxo de pessoas tende a aumentar e, para garantir que os ônibus transportem um número mínimo de pessoas em pé, a SMTT aumentou a frota operante para 70%. Durante o lockdown estava circulando com 50%.

A SMTT também continua fiscalizando a limpeza diária dos veículos do Sistema de Transporte Urbano que deve ser executada nas garagens e nos Terminais de Integração. A limpeza, realizada pelos consórcios formados por empresas privadas, é feita com água e sabão ou álcool em gel a 70%, especialmente nas áreas de contato dos passageiros como barras, portas, janelas etc.

Todos os ônibus da frota também estão circulando com ar-condicionado desligado e com as janelas abertas, para minimizar o risco de contágio entre os passageiros. A medida que recomenda que os condutores dos veículos desliguem o ar-condicionado e realizem as viagens de janelas abertas, está em sintonia com o que vem sendo recomendado pelos órgãos gestores de saúde em todo o país. Ressalta-se ainda, que continua sendo obrigatório o uso de máscaras pelos motoristas, cobradores e passageiros do transporte urbano.

Além dos ônibus, também tem sido feita a limpeza no interior dos cinco Terminais de Integração. Desse modo, Prefeitura de São Luís determinou a lavagem e a desinfecção das plataformas e outras superfícies internas e também disponibilizou novas lixeiras que ajudam a evitar o descarte incorreto do lixo e auxiliam no asseio do ambiente.

A SMTT também prorrogou até 30 de maio de 2020, o prazo de validade dos cartões dos usuários do benefício de gratuidade do serviço de transporte público da capital que, porventura, estiverem vencidos ou com prazo de vencimento nesse intervalo de tempo. A medida, que pode ter prazo estendido, obedece às diretrizes decretadas pelo prefeito Edivaldo no sentido de evitar que as pessoas, em especial os idosos, tenham que sair de suas casas neste período de isolamento social.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!