Prefeitura promove ‘Scratch Day’ para alunos da rede municipal de ensino

Tecnologia, criatividade e aprendizado formaram o tripé da segunda edição do Scratch Day, realizado neste sábado (22), pela Prefeitura de… [ ]

22 de junho de 2019

Tecnologia, criatividade e aprendizado formaram o tripé da segunda edição do Scratch Day, realizado neste sábado (22), pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). As atividades, realizadas no Casarão Tech, envolveram principalmente alunos da rede municipal integrantes do Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades e Superdotação (NEECAHS), com o objetivo de proporcionar momentos de interação e aprendizagem em linguagem de programação entre os participantes do evento. A ação foi realizada em clima junino, promovendo um misto de tecnologia e cultura local. Iniciativa é parte dos investimentos da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior na área da Educação Especial.

Em São Luís, o Scratch Day, que é um evento que acontece em todo o mundo para comemorar a linguagem de programação Scratch, criada pelo Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT), os alunos participantes fizeram demonstrações de games interativos, jogos desplugados, jogos de realidade virtual e aumentada, origami interativo, massinha eletrônica, entre outros projetos tecnológicos desenvolvidos por eles próprios.

“O evento integra agora o nosso calendário da Educação Municipal, como forma de estimular e auxiliar jovens e crianças no desenvolvimento de suas habilidades de lógica e matemática, além de abrir um espaço para o desenvolvimento de suas habilidades e demonstração de seu projetos tecnológicos na área”, observou o prefeito Edivaldo.

O Scratch Day é uma iniciativa da comunidade tecnológica e educacional de todo o mundo para comemorar o software livre e gratuito Scratch, desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT), experiente no desenvolvimento de ferramentas educativas para crianças na idade escolar, e pelo grupo Kids, da Universidade de Califórnia, Los Angeles. Em São Luís, o Scratch Day é também uma forma de incentivar o uso do software Scratch nas escolas e na comunidade em geral com atividades desplugadas (programação com cards, quebra cabeça, jogo da memória).

“Eventos como estes evidenciam a produção dos estudantes da rede, estimulam a aprendizagem criativa por meio de jogos e brincadeiras e promovem a interação de conhecimento entre os participantes”, afirmou o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

O evento conta com a parceria das empresas Mais Robotic e Impacto Maker e colaboração da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Casarão Tech. Participante da equipe que desenvolveu um quiz para testar as habilidades e o conhecimento das pessoas, o aluno Paulo Lucas, 15 anos, que integra o Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades e Superdotação, comentou sobre a oportunidade de compartilhar seu projeto criado por eles próprios. “O Scratch Day nos dá a oportunidade de mostrar ao mundo que nós também somos capazes de criar e produzir programas que contribuam com o crescimento educacional das pessoas”, disse o estudante.

Sua colega de equipe, a estudante Graciele de Fátima Salazar, 14 anos, também tem a iniciativa como um espaço estimulador da ciência e da tecnologia. “O Quiz que nós criamos possibilita às pessoas testarem seus conhecimentos e a aprender um pouco sobre os mais diversos assuntos. No Scratch Day, além de poder demonstrar nosso projeto, temos a oportunidade de conhecer os trabalhos de outros colegas e, assim, haver maior interação de conhecimento entre os participantes”, relatou a estudante.

Segundo a superintendente da área de Educação Especial do Município, Dalvina Amorim, o Scratch Day é mais um espaço que a Educação Municipal abre para estimular o desenvolvimento dos alunos, na área tecnológica. “Os alunos com características de altas habilidades e superdotação são muito criativos e precisam estar sempre em contato com conteúdos extraordinários e ser estimulados. É também um momento de aprendizado criativo e divertido, ideal para aproximar os jovens e a comunidade escolar no trabalho com a tecnologia, criando ainda um ambiente onde possam partilhar o seu conhecimento com todos”, frisou Dalvina Amorim.

A superintendente destacou ainda que, por orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior, a Educação Municipal tem empreendido grandes esforços para promover o desenvolvimento dos alunos em áreas como tecnologia, ciência e informação. Como resultado desse empenho, recentemente, um Projeto da Prefeitura de São Luís, desenvolvido pelo NEECAHS, foi apresentando nos Estados Unidos, no início de maio deste ano, como uma das sete iniciativas brasileiras selecionadas pelo Desafio Aprendizagem Criativa Brasil. O trabalho selecionado cria, por meio de linguagem de computador, jogos eletrônicos e histórias interativas para crianças, estimulando a criatividade por meio de desafios baseados na resolução de problemas reais envolvendo diferentes área do conhecimento.

A iniciativa foi escolhida entre mais de 325 propostas de todo o país, sendo a única do Nordeste selecionada. O reconhecimento é resultado da política de atendimento educacional especializada implantada na gestão do prefeito Edivaldo. O Desafio Aprendizagem Criativa Brasil é uma iniciativa da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa com apoio da Fundação Lemann e do Massachusetts Institute of Technology Media Lab (MIT). O projeto da Prefeitura de São Luís foi apresentado pela coordenadora e professora do NEECAHS/Semed, Sandreliza Mota, e pela professora Fernanda Serra, no MIT Media Lab, nos Estados Unidos.

O Scratch é um software de programação em blocos desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Massachussets, o MIT. Com a programação, é possível aprender coisas novas, pensar de forma criativa, trabalhar de forma colaborativa, resolver problemas, desenvolver o raciocínio lógico e tornar crianças, adolescentes e jovens fluentes em novas linguagens.

Já o Scratch Day, por sua vez, é um dia para celebrar o programa Scratch. Pode-se dizer que o Scratch é uma evolução direta do Logo, uma linguagem de programação também criada pelo Media Lab anteriormente com mesmo intuito. Um dos grandes diferenciais do Scratch é seu modelo de programação em blocos, que simplifica muito o entendimento de alguns elementos que, quando postos de forma escrita, são de difícil compreensão.

O Scratch pode ser acessado online pelo site scratch.mit.edu ou através de download para desenvolver os projetos sem a necessidade de conexão com a internet. Trata-se de uma ferramenta de programação gratuita e de fácil acesso com uma interface gráfica que permite a criação de programas e jogos com blocos de montar.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!