CONSUMIDOR

Procon/MA encontra variação de mais de 60% em preços de artigos para o Dia da Mulher

As flores do tipo Kalanchoe e do campo, podem variar até 66,67% em floriculturas de São Luís. Esse foi um… [ ]

8 de março de 2021

As flores do tipo Kalanchoe e do campo, podem variar até 66,67% em floriculturas de São Luís. Esse foi um dos resultados revelados pelo PROCON/MA na pesquisa de preços de itens procurados para as celebrações do Dia Internacional da Mulher, em São Luís. O levantamento também incluiu livros de autoras maranhenses.

“É a primeira vez que analisamos livros exclusivamente de autoras maranhenses e, assim como em todas as nossas pesquisas de preços, nosso objetivo maior é auxiliar o consumidor nesse processo de escolha, oferecendo oportunidades de economia nessas datas festivas, quando sabemos que há um aumento da procura”, explicou a presidente do PROCON/MA, Karen Barros.

Pesquisa

Realizada entre os dias 1 e 4 de março, a pesquisa incluiu dois segmentos de presentes. O de livros considerou dez opções disponíveis entre publicações de autoras maranhenses membros da Associação Maranhense de Escritores Independentes (Amei). Os preços variaram de R$ 15,00 a R$ 50,00, e há títulos como “Mulheres” (R$ 15,00), “Catarina Mina” (R$ 30,00), “Sororidade” (R$ 35,00), “O Segredo” (R$ 40,00), “A fundação francesa de São Luís e seus mitos” (R$ 45,00), e “Onde o reggae é a lei” (R$ 50,00).

Já no segmento flores, foram pesquisados cinco estabelecimentos, e o vaso de Kalanchoe sai a R$ 15,00 na Arts Flores, e a R$ 25,00 na Flor de Maio, o que representa variação de 66,67%. Também com o mesmo percentual de diferença, a dúzia de flores do campo variadas em embalagem especial custa R$ 60,00 na Aroma de Flores, e R$ 100,00 na Flor de Maio.

Tradicionais, o buquê de seis rosas nacionais em embalagem especial e com adicionais de outras espécies, como tango e astromélia, sai a R$ 65,00 na Flor de Maio, e R$ 100,00 na Frutaflor.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!