Produtores recebem capacitação durante Agro-Açailândia

Na 8ª Exposição Agropecuária de Açailândia (Expo Açailândia) serão disponibilizados programas e iniciativas voltadas para pequenos, médios e grandes produtores…. [ ]

4 de agosto de 2017

Na 8ª Exposição Agropecuária de Açailândia (Expo Açailândia) serão disponibilizados programas e iniciativas voltadas para pequenos, médios e grandes produtores. As ações incluem desde capacitações até novas tecnologias e serviços, além de mostrar à população os resultados de programas como o Mais Produção e os Agropolos. A Expo Açailândia começa neste sábado (5) e segue até o dia 13, no Parque Exposição Agropecuária José Egídio Quintal Filho.

“A presença do governo estadual nas feiras e eventos agropecuários é fundamental para que possamos reforçar a relação de diálogo e proximidade com os sindicatos rurais e de trabalhadores rurais do estado, além de mostrar o que estamos fazendo no setor, para que o Maranhão possa produzir cada vez mais e levar mais renda e oportunidades para todos”, afirma o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca, Márcio Honaiser.

Na Expo Açailândia, como nas demais feiras que já ocorreram esse ano na Região Tocantina como a Expoimp (Imperatriz), ExpoFran (Porto Franco) e Expoagra (Grajaú), serão realizados cursos, palestras e capacitações para produtores, ligados às cadeias que vem sendo incentivadas na região (leite, hortifruticultura, carne e couro). As ações são coordenadas pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged/MA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

“A Aged mais uma vez se faz presente na Expo Açailândia realizando a defesa sanitária animal, além de cursos e palestras que serão oferecidos. Este município tem uma representação muito forte para a pecuária maranhense, tendo um dos maiores rebanhos da região e compondo também a região de maior rebanho do estado. Temos certeza que esse ano teremos novamente uma exitosa edição”, frisou o presidente da Aged, Sebastião Anchieta.

Entre as capacitações que serão disponibilizadas estão manejo de pastagem, dispensa de licenciamento ambiental para pequenas propriedades, controle e erradicação de brucelose e tuberculose, nova estratégia de vacinação contra a febre aftosa, agrotóxicos e o vazio sanitário da soja serão alguns dos temas abordados durante a exposição, além dos cursos de manejo de pastagem e doma racional e a entrega de certificados e equipamentos do Programa Mais Produção, durante a solenidade de encerramento dos cursos haverá degustação de produtos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!