EDUCAÇÃO

Simulado online marca encerramento do projeto Terceirão Não Tira Férias

“Achei o simulado de hoje muito importante, porque é um preparo para a gente do 3º ano, que vai fazer… [ ]

17 de agosto de 2020

“Achei o simulado de hoje muito importante, porque é um preparo para a gente do 3º ano, que vai fazer o Enem. Ajuda a nos manter atualizados nos e não desistir nesse momento tão difícil”.

O depoimento é de Juliene Santos, estudante do Centro Educa Mais Anna Bernardes, em Timon, que na manhã deste domingo (16), teve um compromisso marcado: realizar o Simulado online que marca a finalização do Projeto Terceirão Não Tira Férias, realizado pelo Governo do Maranhão para levar conteúdo educativo para os estudantes que estão em preparação para o Enem e demais vestibulares.

Ao todo, mais de 5 mil estudantes realizaram a prova online, que contou com mais de 60 questões de diversas áreas do conhecimento.

No ar desde o dia 18 de julho, com aulas dos mais diversos componentes curriculares voltados para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e demais vestibulares, o “Terceirão Não Tira Férias” obteve cerca de 40 mil visualizações nas videoaulas publicadas diariamente no canal da Secretaria, no YouTube, e ,aproximadamente, 50 mil visualizações nas lives realizadas aos sábados, agrupando os professores por área de conhecimento.

Além das aulas pela internet, todo conteúdo também foi disponibilizado via rádio, para que pudesse beneficiar, também, estudantes que não têm acesso à internet, e em apostila impressa entregue para os mais de 80 mil estudantes da 3ª série do Ensino Médio, matriculados em escolas da rede pública estadual.

“O projeto Terceirão Não Tira Férias, implantado pelo Governo do Maranhão, serve de alicerce para que nós, alunos da rede pública, que vamos prestar Enem nesse ano, possamos ter acesso ao conhecimento para enfrentar essa prova, que é um meio de acesso à universidade. Uma equipe de professores maravilhosos, que sempre dão dicas para que a gente possa aprender. O mais legal de tudo é que essas aulas ficam disponíveis na plataforma da Seduc. Então, a gente sempre pode ter acesso quando surgir qualquer dúvida”, destacou Marlio de Brito Pinheiro, estudante Centro Educa Mais Dayse Galvão, em São Luís.

Tyago Araújo, professor de Matemática, que foi um dos profissionais que trabalhou no projeto, destacou a importância do “Terceirão” nesse momento. “O projeto, que já era incrível na versão presencial, tem sido mais ainda nessa versão online. Porque além de se preocupar com conteúdo, se preocupou com a inclusão, pois o intérprete de libras é um marco na questão das aulas. A gente vê a presença do intérprete nas lives de música, mas não vê nas lives de educação, de aulas. E aqui, o Governo do Estado prepara isso, incluindo todos os alunos do Maranhão, inclusive alunos de outros estados. Foi muito positivo”, afirmou.

“A avaliação é positiva, por todo o conteúdo trabalhado e, principalmente, pelo suporte que o projeto dá aos alunos para que eles não se sintam só nesse momento de pandemia. Trabalhamos vários conteúdos, resolvemos questões recorrentes no Enem e em vestibulares, para que eles se sintam amparados, de alguma forma, já que o Enem e o vestibular da Uema já estão aí com datas marcadas”, pontuou Gustavo Piorsky, professor de Física que participou do projeto.

“Esse projeto nos ajudou a nos preparar melhor, com revisão de conteúdos, dicas, foi uma experiência maravilhosa, que nos colocou diante de tudo que precisamos nesse momento de preparação na busca por nossos sonhos”, declarou Milene Mendes, estudante da escola Poeta Antonio José, em Santa Inês.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, reforça que, neste ano, por conta da pandemia, o projeto teve que se reinventar, para continuar beneficiando os estudantes, mesmo em um momento tão delicado.

“Vivemos um período atípico, e encerrar agora este projeto com êxito, só nos enche de orgulho. Tivemos uma equipe muito dedicada por trás, para que pudéssemos alcançar o maior número de estudantes possível. Além de levar conteúdo educacional, afirmo que o Terceirão Não Tira Férias levou estímulo e energias positivas para nossos estudantes, mostrando que estamos juntos trabalhando por eles e vibrando pelo sucesso de cada um”, concluiu o secretário.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!