Três linchamentos são registrados na Grande Ilha

Após o caso emblemático de 2015, quanto o jovem Cleidenilson Pereira da Silva foi morto por linchamento, acusado por populares… [ ]

14 de agosto de 2017

Após o caso emblemático de 2015, quanto o jovem Cleidenilson Pereira da Silva foi morto por linchamento, acusado por populares de ter cometido um assalto, mais três casos foram registrados na Ilha de São Luís, nos últimos dias.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de São Luís, o caso mais recente a ser registrado ocorreu na noite deste domingo (13). Segundo reportagem o jornal O Estado MA, um homem identificado como Josinaldo Pinto Santos foi encontrado na praia de Guarapiranga, no bairro de Santa Bárbara, na zona rural.

Segundo a perícia, e conforme reportagem, o corpo apresentava sinais de golpes de paulada e lesões que aparentam ser de linchamentos.

No sábado (12), no bairro Parque Ivar, o corpo de José de Ribamar, fo encontrado com marcos de golpes na cabeça e vários arranhões. Suspeita-se o crime tenha ocorrido como um acerto de contad o tráfico de drogas. Há também a hipótese de vingança, já que a vítima costumava agredir a mãe.

Na sexta-feira (11) um linchamento aconteceu no Maiobão, em Paço do Lumiar. Anderson Martins Vieira teria se desentendido com um outro homem, que o teria matado a pauladas de chutes. A vítima chegou com vida em um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Todos os crimes serão investigados pela polícia, a exemplo de 2015. Os assassinos de Cleidenilson respondem por homicídio duplamente qualificado.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!