EDUCAÇÃO

Uema inicia a entrega de chips do Auxílio Emergencial de Inclusão Digital

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) iniciou hoje (28), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis (PROEXAE), a… [ ]

28 de agosto de 2020

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) iniciou hoje (28), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis (PROEXAE), a entrega dos SIM CARDS do Programa de Assistência Estudantil “Auxílio Emergencial de Inclusão Digital”, Edital N° 07/2020-PROEXAE.

Serão disponibilizados aos estudantes matriculados em cursos de graduação presencial ou EaD, Programa Ensinar ou Programa PROFITEC, com comprovada situação de vulnerabilidade socioeconômica, um total de 2.022 SIM CARDs, com plano mensal de dados móveis (3G/4G), via Serviço Móvel Pessoal (SMP) com pacotes de dados de 20GB mensais, como forma de acesso às aulas que serão disponibilizadas em plataformas online.

Os alunos poderão receber os chips com os diretores de cada Campus da UEMA. Diante da situação atual de pandemia da Covid-19, alguns procedimentos deverão ser seguidos para a entrega dos SIM CARDS aos estudantes a fim de garantir a segurança de todos, tais como: os alunos deverão ir aos respectivos Centros fazendo uso obrigatório de máscara e respeitando o distanciamento social.

O Reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa, enfatizou: “Essa é uma medida que demonstra a responsabilidade e a consciência da UEMA de que é preciso dar sequência ao calendário acadêmico, mas sem acentuar desigualdades. Nós estamos trabalhando em harmonia, dialogando com associações e conselhos nacionais, de modo a permitir que o projeto institucional, acadêmico, sobretudo da graduação, possa ocorrer com a garantia de que os nossos alunos terão a melhor participação possível nas aulas”.

De acordo com o pró-reitor de Extensão e Assuntos Estudantis, Paulo Catunda, “este auxílio é muito importante, pois com ele podemos assegurar que alunos da Universidade consigam voltar às atividades acadêmicas de forma remota. Que aquelas pessoas que não têm acesso à internet, tenham uma internet de melhor qualidade e possam cursar as disciplinas com maior tranquilidade”.

A professora Marília Martins, coordenadora de Assuntos da Comunidade Estudantil, destaca o auxílio e reforça o compromisso da UEMA com a permanência e a igualdade de oportunidades a todos os estudantes que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica, mediante ações e medidas concretas no enfrentamento da situação atual, instalada em decorrência do novo coronavírus.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!